O Melhor do Alentejo por Quem lá Vive

Quando se fala no Alentejo, a mente da maioria dos portugueses é levada a percorrer quilómetros e quilómetros de planícies douradas. Na realidade, o Alentejo tem muito mais para oferecer: uma costa marítima vibrante e ainda (quase) selvagem, património histórico de valor incalculável, a imensidão de um grande lago, produção vinícola de excelência e uma riqueza gastronómica capaz de despertar os nossos sentidos.

Acompanha-nos nesta grande viagem que irá percorrer lezírias, planícies e praias recortadas por falésias de tirar a respiração, mesmo o melhor do Alentejo!

O Que Não Deves Perder

O Alentejo é a maior região de Portugal e reúne dentro dos seus limites, paisagens únicas e uma grande riqueza cultural. Tentar descrever a majestosidade do Alentejo num curto texto é quase uma blasfémia. Apresentamos em seguida alguns dos pontos mais marcantes desta região de Portugal, mas ressalvamos que há muito mais para ver e descobrir.

Évora – Poucos centros históricos de Portugal possuem tanta riqueza e carisma quanto o centro histórico de Évora. Considerado Património Mundial desde 1986, o coração da maior cidade Alentejana tem muito para oferecer:

  • O Templo Romano de Diana, também conhecido como Templo de Diana;
  • Sé Catedral;
  • Palácio de D. Manuel;
  • Igreja de São Francisco;
  • Convento dos Lóios.

Elvas – Outrora, a cidade mais fortificada da Europa, Elvas é outra das cidades alentejanas que merece uma visita atenta. O seu conjunto de fortificações abaluartadas é o maior do mundo e juntamente com o centro histórico da cidade, é Património Mundial da Humanidade (título atribuído em 2012). De visita a Elvas não deves perder o Aqueduto da Amoreira, o Forte de Santa Luzia, a Catedral de Elvas, o Castelo, a Igreja do antigo Convento das Freiras de São Domingos e claro as famosas muralhas.

Elvas-Fortificada

Castelo de Marvão – Em plena Serra de São Mamede ergue-se imponente o Castelo de Marvão. A integração da fortificação na própria vila é um dos maiores apelos da localidade. Além do castelo é necessário realçar a vista deslumbrante proporcionada pelo pico mais alto da Serra de São Mamede.

Alqueva – A barragem de Alqueva é um dos maiores lagos artificiais do continente europeu. Construído sobre o rio Guadiana, o “Grande Lago” tem uma albufeira de mais de 250 km2 e toca 5 concelhos alentejanos. O que antes era planície transformou-se num imenso espelho de água e um palco de excelência para os desportos náuticos ou simplesmente para os passeios fluviais. Nas imediações do Alqueva os motivos de interesse são variados: as localidades de Moura e Mourão, os castelos de Juromenha, Monsaraz, Portel e Alandroal, apenas para referir algumas das possibilidades. Uma das últimas atrações é Reserva Dark Sky Alqueva onde foram tiradas as fotos do fotografo João P. Santos.

estrtalas4

Litoral Alentejano – Diz-se que o Alentejo tem a linha costeira mais bem preservada de toda a Europa. Desde o estuário do Sado até à Ribeira de Odeceixe, podemos encontrar uma costa rica em contrastes e em peculiaridades. Entre Tróia e o Cabo de Sines encontramos um imenso areal ininterrupto, com cerca de 70 quilómetros. Chegados ao cabo de Sines encontramos uma costa cheia de recortes, falésias e arribas. A Aldeia do Porto Covo, com todo o seu carisma e charme. Vila Nova de Milfontes, com o magnífico estuário da Foz do Mira. A Zambujeira do Mar e o seu pôr-do-sol único. E muitas outras praias e recantos que merecem ser exploradas.

Carrapateira_alentejo

Os Melhores Restaurantes do Alentejo

Em qualquer visita pelo Alentejo, é obrigatório explorar os restaurantes tradicionais, espaços onde a tradição gastronómica desta região continua vibrante e mais apelativa do que nunca. Estes são dos restaurantes onde é garantido que o seu paladar será mimado.

Botequim da Mouraria – Apesar da sua enorme reputação, o Botequim da Mouraria faz questão de se manter fiel aos seus princípios. Tem capacidade para apenas 9 lugares, o que muitas vezes obriga a esperas… Mas vale a pena. O ambiente é intimista e familiar e a comida está ao nível dos mais altos padrões da gastronomia alentejana. A sericaia com ameixa e as especialidades de porco preto são destaques da sua ementa.

Restaurante Herdade das Servas – No interior de uma herdade vitivinícola localizada nos arredores de Estremoz, “mora” este excelente restaurante. A carta de vinhos é excelente, como não poderia deixar de ser, o ambiente é pontuado por alguma solenidade, mas sem excesso e a comida é absolutamente formidável. O foco incide nos pratos tradicionais.

Restaurante A Azenha do Mar – Na pequena localidade da Azenha do Mar encontramos o restaurante com o mesmo nome, que se afirma como uma das principais referências no sul do país para quem gosta de marisco. Sapateira, arroz de tamboril, arroz de marisco, feijoada de marisco são apenas algumas das especialistas deste famoso restaurante. A qualidade é elevadíssima e os preços são acessíveis.

Onde Dormir

A qualidade dos hotéis alentejanos tem vindo a crescer de forma assinalável. Das unidades de alojamento mais típicas às mais modernas, das ecológicas às low cost, as possibilidades são imensas. Sugerimos:

Convento do Espinheiro – Este antigo edifício do século XV foi transformado num luxuoso Hotel & Spa. O ambiente é absolutamente tranquilo e relaxante.

Claustrosnocturno-Convento-do-Espinheiro

eco-suits-resorts eco-suits-resorts2

Vila Galé Clube de Campo – É um hotel centrado nos conceitos do enoturismo e do turismo rural que se destaca por disponibilizar uma grande número de atividades aos seus hóspedes.

Eco Suites Resorts – Perto de Santiago do Cacém e a uma curta distância do Litoral Alentejano, ergue-se um espaço dotado de suites ecológicas, piscina exterior, vinhas e horta orgânica.

Do que estás à espera? Desafiamos-te a partir à descoberta da região mais vasta de Portugal!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *